Atingidos pela proposta enviada ao Congresso, funcionários públicos já começam a pressionar parlamentares

Idiana Tomazelli e Adriana Fernandes